Quais São as Dúvidas que Temos Sobre Gengibre e Para que Serve?

O Gengibre é ótimo para emagrecimento

O Gengibre é uma planta medicinal que possui sabor apimentado, que pode ser usado para temperar os alimentos, diminuindo a necessidade de sal. Esta raiz também pode ser utilizada no tratamento de problemas circulatórios, resfriados ou inflamações, como dor de garganta. A planta serve para ajudar a emagrecer e também no tratamento de má digestão, azia, enjoo, gastrite, resfriado, colesterol alto, pressão alta, tosse, dores musculares, problemas de circulação sanguínea e artrite.

Assumindo múltiplos benefícios terapêuticos: tem ação bactericida, é desintoxicante e ainda melhora o desempenho do sistema digestivo, respiratório e circulatório. O gengibre também é um reconhecido alimento termogênico, que pode ser capaz de acelerar o metabolismo e favorecer a queima de gordura corporal.

A raiz é composta por vitamina B6, assim como pelos minerais potássio, magnésio e cobre, mas tais propriedades se tornam pouco relevantes levando-se em conta o consumo diário da planta.

Como se trata de uma especiaria, bastam pequenas quantidades do gengibre no chá ou preparações culinárias para aromatizá-las. Note que a tabela de valores nutricionais abaixo considera 100g de gengibre, porém o uso numa receita pode não alcançar 2g.

Informações Nutricionais

Composição do gengibre para cada 100 g
Água (g)78,88
Calorias (Kcal)80
Proteínas (g)1,82
Lipídios totais (g)0,75
Carboidratos (g)17,77
Fibras (g)2
Cálcio (mg)16
Ferro (mg)0,6
Magnésio (mg)43
Fósforo (mg)34
Potássio (mg)415
Sódio (mg)13
Zinco (mg)0,34
Cobre (mg)0,22
Manganês (mg)0,22
Selênio (mcg)0,7
Vitamina C (mg)5
Tiamina (mg)0,025
Riboflavina (mg)0,034
Niacina (mg)0,75
Vitamina B6 (mg)0,16

Por que o gengibre pode ajudar a emagrecer

Todas as atividades realizadas pelo corpo consomem energia. Isso inclui o processo digestivo, que pode ser usado a seu favor para emagrecer quando é o que está em questão, podendo ser usados os alimentos termogênicos, como o gengibre.

Esses alimentos são capazes de aumentar o gasto calórico do organismo durante a digestão e o processo metabólico.

Quanto mais difícil for a digestão do alimento, maior será o seu poder termogênico. As substâncias termogênicas contidas no gengibre tem a capacidade de aumentar a temperatura corporal, acelerando o metabolismo e aumentando a queima de gordura.

A termogênese é um processo regulado pelo sistema nervoso e, interferências neste sistema, podem favorecer o emagrecimento.

O gengibre pode aumentar o gasto calórico em mais de 10%. No entanto, sabe-se que não existem milagres quando o assunto é perder peso. Para que o consumo de gengibre, com este objetivo, mostre resultado é necessário aliá-lo à dieta regrada e exercícios físicos.

Dúvidas sobre o gengibre

1. O gengibre é bom para quê?

O gengibre incluem sua ação anticoagulante, vasodilatadora, digestiva, anti-inflamatória, antiemética, analgésica, antipirética e antiespasmódica, assim, o gengibre é bom para afinar o sangue, melhorar a digestão, combater o enjôo, baixar a febre e diminuir as cólicas.

Durante a gravidez, a dose máxima de gengibre deve ser de 1g por cada kg de peso, e por isso essa raiz pode ser usada em forma de raspas para aliviar os enjoos durante a gestação.

2. Como consumir o gengibre?

As partes usadas do Gengibre são suas raízes para fazer chá ou temperar as refeições, por exemplo.

  • Chá de Gengibre para resfriado e dor de garganta: colocar de 2 a 3 cm de raiz de gengibre numa panela com 180 ml de água e deixar ferver por 5 minutos. Coar, deixar esfriar e beber até 3 vezes por dia;
  • Compressa de Gengibre para reumatismo: ralar o gengibre e aplicar na região dolorida, cobrir com uma gaze e deixar atuar por 20 minutos.

3. Comer gengibre faz mal?

Quando consumido em excesso, o gengibre pode causar dores de estômago, em pessoas com estômago sensível, crianças, e também pode causar sonolência. Além disso, não é indicado para pessoas que tomam remédios anticoagulantes.

4. Gengibre afina o sangue?

Sim, comer gengibre de forma regular ajuda a ‘afinar’ o sangue, sendo útil em caso de pressão alta, por exemplo, mas deve ser evitado por pessoas que tomam remédios como a varfarina, porque ele pode afinar o sangue, facilitando a existência de hemorragias.

5. Gengibre aumenta a pressão?

Pessoas com pressão alta e que usam medicamentos para controlar a pressão só devem consumir gengibre de acordo com orientação médica, pois ele pode interferir com o efeito do remédio, descontrolando a pressão.

6. Gengibre aumenta imunidade?

Sim, o consumo de gengibre em pós, em lascas e o chá de gengibre melhora a resposta do corpo frente às infecções, e por isso este é um ótimo aliado contra gripes e resfriados, por exemplo.

7. Gengibre emagrece?

A raiz de gengibre tem ação estimulante e por isso apode ajudar a aumentar o metabolismo e consequentemente o gasto energético do corpo, mas só vai ser útil para emagrecer, se a pessoa fizer dieta e atividade física.

Chás com Gengibre

  • Chás: a infusão de pedaços frescos de gengibre é utilizada no tratamento de gripes, tosses e até mesmo resfriados. Além de ser um relaxante eficaz, hidrata o corpo e ajuda a eliminar as toxinas, podendo ajudar também no emagrecimento, devido à sua ação termogênica. O preparo consiste em deixar raízes, cascas ou talos de molho por cerca de 30 minutos e, após esse período, acrescentar água e levar o gengibre ao fogo por mais de 30 minutos
  • Na panela: o gengibre pode ser utilizado no preparo de pratos doces e salgados da culinária. Pode ser encontrado desidratado, fresco, em conserva ou cristalizado. Cuide para não substituir uma forma pela outra nas receitas, pois seus sabores são distintos
  • Sucos: tem ação anti-inflamatória, favorecendo a eliminação de toxinas do organismo. O suco gera mais disposição para o corpo. Para ficar mais saboroso, bata no liquidificador com abacaxi, hortelã ou raspas da casca do limão.
  • Pedaços: mastigar as lascas de gengibre, assim como chupar a bala, ajuda a aliviar a rouquidão e irritações na garganta, mas é preciso atenção, pois, elas somente mascaram a dor. O gengibre irá aliviar os sintomas até que o corpo se encarregue de curar a doença ou que seja necessária alguma conduta clínica.

Onde encontrar o gengibre

O gengibre pode ser encontrado em supermercados e lojas de produtos naturais.

Efeitos colaterais do consumo de gengibre

Há relatos de ardor no estômago, azia, diarreia e desconforto estomacal após o consumo de gengibre. Neste caso, ele deve ser excluído da dieta.

Contraindicações para o consumo de gengibre

A princípio, o consumo do gengibre é seguro para a maioria das pessoas. A ingestão da raiz por gestantes é controversa. Alguns especialistas defendem que o gengibre pode afetar os hormônios sexuais do feto e até favorecer um aborto. Estudos sugerem, entretanto, que o risco de malformação em recém-nascidos de mulheres que faziam uso de gengibre não se mostrou mais elevado do que o normal.

A raiz também não tem relação com malformações ou partos prematuros. Mesmo assim, recomenda-se que o alimento seja evitado especialmente perto da data do parto, pois ele pode aumentar o risco de hemorragia. Não se sabe muito a respeito da segurança do consumo de gengibre no período de amamentação e, por isso, o ideal é que ele seja evitado.

Quantidades recomendadas de gengibre

Embora não exista uma quantidade adequada de ingestão estabelecida, estudos sugerem que benefícios podem ser alcançados com o consumo de 2 a 4 g de gengibre por dia. Para obter os benefícios termogênicos do gengibre, o ideal é o consumo diário, mas dentro de um limite estabelecido para que o aumento do metabolismo não se torne prejudicial. No caso do gengibre, é recomendada uma fatia média ou uma colher de café da forma em pó.

Receitas com Gengibre

Suco de limão com gengibre e hortelã

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de cascas de limão
  • 300 ml de suco de limão
  • 1 colher de sopa de gengibre com casca
  • 1 xícara de chá de hortelã
  • 150 ml de água morna
  • 1200 ml de água fria
  • 250 g de açúcar

Modo de preparo

Preparar primeiro o chá de hortelã com as folhas e a água quente e a seguir bater todos os ingredientes no liquidificador, coar e servir gelado.

Purê de gengibre com abóbora

Agora a gente vai mostrar como preparar um purê que além do gengibre também traz a abóbora, um alimento que possui nutrientes como fibras, proteínas, cálcio, vitamina B12, vitamina C, ferro e magnésio, tem ação antioxidante e promove sensação de saciedade ao corpo.

Ingredientes: 

  • 1 kg de abóbora;
  • 150 g de cream cheese light;
  • 1 colher de sopa de gengibre ralado;
  • Sal e pimenta a gosto;
  • 1 colher de sopa de cebolinha picada.

Modo de preparo:

  1. Em uma panela fervente de água leve a abóbora para cozinhar;
  2. Esprema a abóbora para se livrar da água e passe-a por um escorredor;
  3. Leve-a de volta à panela (sem água) e misture bem com o sal, a pimenta, o gengibre ralado e o cream cheese;
  4. Sirva-se e bom apetite!

1 thought on “Quais São as Dúvidas que Temos Sobre Gengibre e Para que Serve?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *